Mary Lyrio


marydauto@yahoo.com.br
marydtlyrio@gmail.com

TUTY, O PRÍNCIPE DOS PIRATAS

MASCOTE DO BLOG - TUTY

Itens: 1 - 10 de 28
1 | 2 | 3 >>

TUTY FOR PET - tuty-for-pet2.webnode.com/

AVISO

 

Oi pessoal, estou me secando e vim deixar um recadinho.  Quem quiser ter a foto do seu mascote na galeria dos meus amiguinhos, é só mandar a foto pelo email da mamãe. E de quem eu já tenho as fotos: Ricky, Marvin, Balzac e Frozen, é só seu papai ou mamãe mandar a autorização, que a foto vai para galeria. 

Au, Au a todos!

MASCOTES AMIGUINHOS DE TUTY

Itens: 1 - 10 de 22
1 | 2 | 3 >>

TUTY HALLOWEEN

THE NUDE FASHION

 

INTRODUÇÃO:

Após a postagem “definindo o que é maquiagem natural, neutra e colorida”, surpreendeu-me a boa recepção do texto e, principalmente, os estímulos dos leitores para a realização de um desejo que manifestei: escrever sobre a tendência “nude” no mundo fashion.

Elaborar uma postagem sobre esse tema pareceu-me relevante e coerente com o objetivo do Blog. Afinal, o termo nude é onipresente no atual cenário da maquiagem. E, a busca por informações sobre tal fenômeno logo revelou uma primeira hipótese: a nude makeup seria um dos ecos de um movimento estético concebido por fashion designers, que se propagou não apenas pela maquiagem como também por outras artes visuais, afetando até mesmo alguns segmentos do mercado de bens de consumo.

No entanto, a dificuldade para cumprir a tarefa mostrou-se diretamente proporcional à relevância do tema. E ambas (dificuldade e relevância) cresciam à medida que eu adquiria mais consciência sobre o objeto investigado.

Além das minhas limitações pessoais (inexperiente na temática fashion e apenas dispondo da internet como fonte de pesquisa), também se apresentou como um fator a ser superado, a escassez de textos sobre os aspectos abstratos do processo criativo dessa estética e a quase inexistência de análises sobre os seus outros elementos formais para além da cor.

Portanto, basicamente, tempo e reflexão foram os poucos recursos disponíveis e exauridos em uma tentativa pessoal e precária de escutar, embaixo de tantas camadas de cores mudas, os sons da criação dessa relevante manifestação fashion que se mantém viva e se renova através do novo milênio.

COR

Quando Christian Louboutin, recentemente, sentiu a necessidade de fazer a seguinte declaração pública: “nude is not a color it´s a concept”, de forma muito sintética e expressiva, ele colocou em destaque a problemática questão da atual interpretação reducionista do termo nude no contexto fashion.

Nas mídias, de fato, o termo nude é visualmente apresentado ou descrito como uma tendência fashion cujo elemento principal, identificador e significador é a cor, manifestando-se na forma de um específico matiz ou por meio de uma determinada gama de cores.

Neste primeiro capítulo, o objetivo é apresentar, resumidamente, as cores mais frequentemente associadas ao nude fashion, além de tentar reproduzir as justificativas mais comuns usadas para legitimar o seu uso.

 

ACROMATICO OU NEUTRO

Um dos significados para cores neutras é ausência de matiz, cores acromáticas, restritas a uma gradação que vai do branco ao preto entre infinitos tons de cinza intermediários (escala de valor). Em uma acepção mais ampla, para além das cores acromáticas puras, algumas cores com baixa saturação são também consideradas cores neutras ou mais apropriadamente quase neutras.

Quando, eu tomei conhecimento da existência do nude fashion, pela mídia não especializada e de forma difusa, aqui no Brasil, há anos atrás, eram as cores neutras que personificavam a tendência. Chiqueza e elegância eram as suas marcas propagadas, aliadas ao dom de harmonizar-se com qualquer cor. Ainda, se a opção fosse pelo monocroma, você ganharia o bônus minimalista, e, no final, dava até para desconstruir tudo.

Com a pesquisa para a presente postagem, verifiquei existir de fato uma corrente de opinião estável para a qual o nude se traduz por meio de cores neutras, cuja harmonização com outras cores é exaltada, e que em algumas de suas manifestações (tons mais escuros e monocroma), incorpora valores supostamente atribuídos a outro movimento estético, o minimalismo.

 

CORES PÁLIDAS OU PASTEIS

Um grupo de cores com a informação de matiz de cada elemento ainda definido apesar de dessaturado com branco, situando-se entre as cores neutras e as primárias ou espectrais, também costuma ser identificado como uma expressão legítima do nude.

Nesse sentido de uma palete de cores, o pastel é conhecido e utilizado há muitos anos em diversas áreas. Por ser uma “cor conhecida”, adquiriu ao longo da história muitos e diferentes valores simbólicos.

Por exemplo: primavera, infância, dualidade de gênero, otimismo, inocência, festividade e alegria são apenas algumas das realidades que já foram, são, ou novamente serão representadas pelas cores pasteis.

Em alguns textos de temática fashion, notei uma freqüente associação entre estímulos sensoriais e cores pasteis: mudo, macio, doce. Nesse mesmo sentido, um contraponto entre as cores é bastante recorrente: as cores pasteis são aquelas que sussurram enquanto as cores espectrais gritam. (impulso estético apolíneo vs dionisíaco?)

Entre os que apontam o pastel como uma peça do jogo nude, os argumentos são semelhantes aos utilizados para as cores neutras, sem diferenças significativas (facilidade para combinar com outras cores, elegância, sofisticação etc).

 

NUDE COLOR

Kenneth Clark, historiador da arte, explicou como a palavra “nude” foi introduzida na língua inglesa: 

The English language, with its elaborate generosity, distinguishes between the naked and the nude. To be naked is to be deprived of our clothes, and the word implies some of the embarrassment most of us feel in that condition. The word "nude," on the other hand, carries, in educated usage, no uncomfortable overtone. The vague image it projects into the mind is not of a huddled and defenseless body, but of a balanced, prosperous, and confident body: the body re-formed. In fact, the word was forced into our vocabulary by critics of the early eighteenth century to persuade the artless islanders [of the UK] that, in countries where painting and sculpture were practiced and valued as they should be, the naked human body was the central subject of art."

Usando o mesmo argumento de Lord Clark, talvez essa “elaborate generosity” não se manifestou quando posteriormente adicionaram muitas outras realidades ao rol de significados do termo “nude”. Para além da sua já complexa missão inicial, dividida com o termo naked, também passou a representar uma manifestação cromática. Segundo a interpretação de alguns dicionários on line de língua inglesa, até meados desta década, essa cor era um bege claro ou a cor da pele de uma pessoa branca.

Quando e quais as circunstância do início do uso do termo nude como sinônimo de uma cor, os dicionários não esclarecem e não foi possível descobrir com precisão. Contudo, esses mesmos dicionários indicam que, desde o século XVII, já havia na língua inglesa uma expressão específica para representar a cor que se assemelharia à da pele de uma pessoa branca. Tal expressão é “flesh color”, apesar de flesh, aparentemente, não se confundir com pele.

Tais fatos, por exemplo, não encontraram correspondência exata no Brasil. Aqui, o termo equivalente a nude, “nú/nudez”, não possui qualquer significado cromático e a palavra inglesa passou a ser usada apenas no século XXI, por fashionistas, maquiadores, coloristas, fotógrafos, figurinistas e, por fim, entre adolescentes, significando entre esses últimos o envio de fotos eróticas pelo computador (“manda nudes! = send nudes!”).

cor de carne

A tradução para o português de “flesh color” é “cor de carne”. Contudo, essas expressões representam distintas manifestações de cores. No Brasil, é uma cor derivada do vermelho, dessaturada, mas mantendo ainda características da cor primária.

Ainda no Brasil, há muito tempo, usamos a expressão “cor de pele = skin color” para designar uma cor tipo bege, variando do claro ao tom médio, principalmente no contexto da underwear.  A cor de pele não tinha um apelo estético muito positivo, era uma cor vista predominantemente como funcional. Era popularmente conhecida por supostamente diminuir o efeito de transparência não deixando a underwear visível através da roupa. Como a sua demanda decorria dessa característica funcional, as peças dessa cor eram confeccionadas sem muita preocupação estética e muitas vezes com baixa qualidade, o que alimentava um certo desvalor à cor que estava associada a essas peças e ao seu contexto de uso ordinário e pouco sexy. Até hoje, existem muitas declarações públicas de homens afirmando que tal cor de underware afeta negativamente a sua libido.

Quando a Crayola, na década de 60, durante a campanha pelos direitos civis dos negros norte-americanos, decidiu por livre iniciativa alterar o nome que designava a cor de um dos seus produtos, substituindo flesh color por peach. Deu visibilidade às discussões sobre as possíveis relações entre linguagem, cores, mercado consumidor e racismo na sociedade americana.

Nessa mesma temática, no final da primeira década desde século XXI, muitos artigos na internet passaram a interpretar e questionar a nude fashion, sob o argumento de que tal ação da indústria fashion continha elementos que reforçavam valores racistas e atentavam contra a igualdade racial por explicitamente promover “white privilege”.

No geral, tais críticas tinham por objeto:

1 – a utilização da palavra nude, diante de seu significado excludente, historicamente forjado por valores racistas presentes na sociedade americana;

2 – a concepção da tendência, cuja pobre formulação teórica, nem sequer seria apta a disfarça a sua real motivação: a exaltação e glamourização da cor da pele das pessoas brancas;

3 – a falta de representatividade, pela ausência de modelos negros personificando e traduzindo visualmente a tendência;

4 - a indisponibilidade de produtos nas cores da pele de pessoas não brancas, impedindo-as de ter acesso a um suposto efeito de fusão entre a pele e a roupa, que, em um determinado momento, passou a ser identificado e desejado como representação máxima do nude.

Com a polêmica, a Pantone que possuía em seu catálogo de cores uma cor bege clara nomeada de nude, lança em 2012, após 03 anos de pesquisa, o Pantone Skin Tone Guide, um guia de padronização com mais de cem tons de cores de pele humana, destinada aos artistas e aos processos industriais de coloração, estabelecendo uma ponte entre o mundo fashion, com a sua nude trend, e o mercado geral de bens de consumo industrial.

Sem a necessidade de realizar investimentos e pesquisas, e com a queda dos custos de tingimento desse grupo de cores, houve uma expansão do nude dentro e principalmente fora do mundo fashion, aonde novos empreendedores também passaram a reivindicar o título de pioneiros da diversidade.

Como é possível perceber, surgiu desse cenário um novo significado cromático para o termo nude, que agora passa a representar toda a gama de cores da pele humana. Neste sentido, devido a campanhas pela internet, os dicionários já alteraram os verbetes relativos a nude e flesh color.

Em pouco tempo, a tendência nude superou a suspeita de racismo para ostentar a condição de símbolo da diversidade, o que já está sendo devidamente capitalizado pela indústria fashion, cujo único tributo a pagar é aceitar que o pleno significado da sua arte continue um tanto ofuscado por tantas questões cromáticas.

 

CONCLUSÃO

Por todas as informações que consegui obter, a concepção artística da nude fashion nunca limitou a sua expressão cromática a um único matiz. Embora tenha havido momentos em que uma determinada cor ou um grupo dessas tenha apresentado um maior destaque.

Nesse sentido, arrisco apontar um fator que considero ter tido grande influência nas cores usadas pela nude fashion. Este fator é a idéia ou valor de neutralidade.

Acredito que na década de 90 o nude look adaptou algumas das orientações estéticas que surgiram como contraponto às características da moda dos anos 80. Nas cores, o monocroma e o preto tão marcantes do minimalismo foram assimilados principalmente na forma de cores quase neutras. A idéia de neutralidade, então, se incorpora e ganha ênfase no papel da escolha das cores na nude trend.

Tanto na harmonização quanto no controle simbólico das cores, a idéia de neutralidade vem se mostrando estável e influente na nude trend. Fato, inclusive, que se mostra amplamente descrito nos textos sobre o tema.

Com menos destaque nos textos, mas talvez com mais importância, é a ideia da utilização das cores como um dos elementos de neutralização ou ajuste do grau de erotização do look. É como elemento capaz de interferir nesse ponto central da criação artística do nude look que a cor adquire a sua maior relevância.

  Continua ...

COMENTÁRIOS

DÉCADA DE 70

Mariana Cunha 03/09/2015
Oi Mary, assim com a década de 60 essa década também foi muito bonita. E, como sempre, seu texto está maravilhoso.
Eu também nasci nesta década. Assistir as reprises destas séries na década de 80, e eu adorava a mulher maravilha. O cabelo de Farrah Fawcett é atual e muito bonito, pena que o meu cabelo não tenha volume para este tipo de corte. Acredito, que todas as pessoas que viveram a década de 70, usou uma calça boca de sino. Ela estava para esta década assim como o celular está para os dias atuais. A seleção de roupas que você fez está belíssima.
A maquiagem era muito graciosa, eu também gosto muito das sombras coloridas. Antes eu só usava uma cor, porque não sabia combinar as cores, mas depois que eu li o seu texto de cores, já criei vários looks e fizeram muito sucesso, principalmente com meu namorado.
Vou aguardar com muito expectativa para ver a década de 80. Para mim foi uma das melhores etapas da minha vida.

ANOS 70

Rafhaela Monteiro 02/09/2015
Oi Mary, como a moda primavera-verão está vindo como uma releitura da década de 70, estava pesquisando a maquiagem desta década e encontro este texto.
Nos blogs de maquiagem que eu costumo frequentar eu não tenho o hábito de fazer comentários. Mas, como o seu blog tem um estilo diferente e as pessoas aqui costumam deixar a opinião, eu deixei a minha.
Antes de chegar ao seu blog, eu li outros textos e tenho que concordar com todos que já falaram aqui, seu texto está muito bom.
Se a moda vier totalmente neste estilo vai ser muito bonita.
Eu amei essa coleção divertida da avon, pena que não existe mais.

DÉCADA DE 70

Luciana Schneider 02/09/2015
Oi Mary, como seus textos são belos e como você escreve magnificamente bem.
Como eu comentei no texto anterior a vida é cíclica, e a década de 70 está de volta as vitrines. Contudo, as roupas da época eram mais bonitas. Eu adore a seleção de roupas que você fez, usaria quase todas. Com exceção da maquiagem disco, que era bem exagerada, eu achei linda a maquiagem. É lamentável, que as mulheres brasileiras, na sua maioria, não gostem de usar sombras coloridas. Eu sou como Lauren, gosto e uso sombras coloridas em qualquer ocasião. Não gosto de olho preto, pois acho que me envelhece.
A avon deveria relançar estes produtos, eu iria comprar todos.
Como algumas pessoas comentaram, você possui uma percepção incrível, já li alguns texto da década de 70, mas ninguém ainda tinha comentado que a cor da década foi o azul. E o incrível é que o seu comentário está corretíssimo.
Mas em cada década você percebeu uma característica. A sacada da doença da Rainha Elizabeth e a percepção da clara do ovo como primer, foi fantástico.
Como todos estou muito ansiosa para ver a década de 80. Um abraço.

DÉCADA DE 70

André Albertinni 01/09/2015
Oi, minha querida fadinha, estou tão orgulhoso do seu blog, que até parece que ele é meu. E atualmente, ele é "Best encyclopedia makeup" da internet.
Eu nasci em 79, mas tenho lembranças de ter assistido alguns episódios reprises de Jeannie, as Panteras e a Feiticeira, as demais eu não me recordo.
Este texto está magnífico, as fotos da roupas estão belíssima. A maquiagem era muito bonita, e o fato de ser colorida, deixou as feições do rosto mais jovial.
Eu nem consigo imaginar o que virá nas últimas décadas. Um grande abraço

DÉCADA DE 70

Paulo Roberto. 28/08/2015
Nossa Mary, eu sabia que você viria com um ótimo trabalho e iria surpreender a todos. Mas, você foi muito, muito mais além do que eu esperava. Este texto está divino e com um visual incrível. Eu nasci em 69, e eu tenho mais lembranças da década de 80. Contudo, eu lembro muito dos meu pai usando calça boca de sino com essas camisas estampadas.
Nas fotos dos lançamentos dos produtos, a maquiagem das modelos está linda, com cores e alegre. Apesar, na minha opinião, algumas estão com uma quantidade um pouco exagerada de produto. Mas, na maioria a maquiagem era linda.
Desta coleção da avon, acho que nenhum destes produtos chegaram no Brasil, ou pelo menos não chegou na minha cidade. Mas eu lembro de dois produtos da década de 80, o moranguinho gloss e o gloss em formato de boca. Na década de 80, eu usei muito o corte mullet.

ΜΑΚΙΓΙΑΖ 70 ΔΕΚΑΕΤΙΑ

Γρηγόριος 27/08/2015
Γεια σας, έκανα μια επίσκεψη στο blog τη διάρκεια του Σαββατοκύριακου, καθώς υπήρχαν πολλά σχόλια από το προηγούμενο κείμενο, δεν το έκανα.
Ένας φίλος μου είχε πει για το blog σας. Ήμουν πολύ άγχους για αυτή τη δημοσίευση. Έχω μελετήσει στο σχολείο μακιγιάζ, και είχα προσκληθεί να τον χαρακτηρισμό των φιλοξενουμένων σε ένα πάρτι, το οποίο θα στυλ της δεκαετίας του '70.
Δεδομένου ότι αυτή η δεκαετία έχει διάφορα στυλ που θέλω να κάνω μια διαφορετική δουλειά.
Σύμφωνα με τα σχόλια του blog εδώ, οι άνθρωποι δεν γνωρίζουν όπως και εσείς θα υπερβούμε τα προηγούμενα κείμενα.
Όταν οι οπαδοί του να διαβάσει αυτό το κείμενο θα δείτε ότι δεν τους απογοητεύσουμε. Το αντίθετο. Κάνατε μια τέλεια και αξεπέραστη δουλειά, μίλησε για κάθε γεγονός της δεκαετίας. Το κείμενο Ρώσοι και λίγα γαλλικά κείμενα μιλούν μερικές κοστούμια εποχής, αλλά μιλήσατε για όλους. Μιλήσατε για χτενίσματα και κομμωτές που τα δημιούργησαν.
Πράγματι, αυτή η συλλογή της Έιβον είναι πολύ διασκεδαστικό.

Vintage Makeup

Luciana Janowicz 19/08/2015
Oi Mary, todo vez que eu demoro um pouco para voltar ao blog, sempre tenho uma grande surpresa.
A primeira surpresa é como o blog cresce de uma forma excessivamente acerelada. A outra é esses textos espetaculares sobre a vintage makeup.
O primeiro texto surpreende pela riqueza de informações. Como as pessoas eram criativas na busca de substâncias para colorir o rosto. Sempre fiquei intrigada, porque em todas as fotos a Rainha Elizabeth estava com um rosto excessivamente branco, Mas agora fiquei feliz em descobrir a razão. Você está linda nas fotos das primeiras décadas do século XX.
Das primeiras década, as que eu achei mais interessante foi a de 30.
Que ideia criativa das mulheres da década de 40 de pintar as pernas para imitar a meia. Como eu sou apaixonada por batom vermelho, queria para mim todos esses batons vermelhos lançados na década de 40. Achei muito divertida a música do Rosie.
A década de 50 os vestidos são lindíssimos, gostaria muito que está moda voltasse. Mas infelizmente isso não vai acontecer.
A década de 60 é a que possui a maquiagem mais bonita. Já estou ansiosa para ver as próximas décadas.

VINTAGE MAKEUP PARTE II

Mariana Cunha 18/08/2015
Oi Mary, este texto está tão fantástico quanto o primeiro. Eu sou apaixonada por esses vestidos da década de 60. Em meus quinze anos, que foi no final da década de 80, eu fugi do tradicional e fiz uma festa retrô estilo anos 60 e o vestido foi parecido com este que você postou.
A primeira vez que estive no blog, a popularidade que ele tem, me deixou muito impressionada. Mas agora eu fiquei assustada com a dimensão que o blog alcançou da minha última visita até hoje. Seu blog já conquistou até a Ásia, isso não lhe assusta? Eu estou impressionada.

VINTAGE MAKEUP PART II

Adriana Campos 18/08/2015
Mary, eu sou colega de profissão de Paulo e ele me falou o sobre o texto que você tinha feito sobre a maquiagem vintage do século XX.
Eu sou completamente apaixonada pela década de 50, acho tudo muito glamouroso nesta época.
Minha mãe vivenciou esta década e sempre me falou com muito entusiasmo.
Ela tem guardado um vestido de poá, muito parecido com os que você colocou. Da maquiagem a única coisa que ela guardou foi a embalagem do batom Hi Society Max Factor.
O seu blog é muito bom, adorei o estilo dos textos. São bem abrangentes. O que justifica tantos profissionais acompanhando o blog.

VINTAGE MAKEUP PARTE II

Susiany Pires 15/08/2015
Olá, estudando sobre vintage makeup eu cheguei ao blog. Este texto é o anterior estão muito bons, muito rico de informações. A década de 60 parece que foi muito interessante. Gostei muito;

MAQUILLAXE VINTAGE - PARTE II

Teo Álvarez 14/08/2015
Ola, como todos xa falaron non hai máis palabras para eloxiar este texto. Vostede conseguiu publicacións moi, moi raras. Como alguén xa dixo, nin nos sitios das empresas ten todos eses lanzamento.
A idea de traer os acontecementos históricos dos anos 60, enriqueceu moito o seu traballo. Eu penso moi animado a música do Rosie, o rebitador.
Para min a década máis interesante foi a de 60, pena que eu nacín ao final desta década.
Tamén deixo aquí a miña indignación co comentario deselegante, onde a persoa pensa-se no dereito de falar mal sobre dun visitante do blog.

VINTAGE MAKEUP PARTE II

Julhia Seiva. 13/08/2015
Oi minha amiga, como aconteceu com muitas pessoas eu me emocionei profundamente com esse texto.
Como você sabe, infelizmente pedir a minha mãe, e vendo alguns desses produtos e dos vestidos de época me lembrei dela. Ela guardava o vestido de 15 anos, que ocorreu no final dos anos 50, e era este modelo bem acinturado com a saia rodada. Ela também tinha que ganhou da minha avó a coleção Pink de Elizabeth Ardem E como tinha sido o presente de quinze anos que minha avó comprou durante uma viagem que fez aos EUA, ela guardava com maior carinho e tinha ciúmes de qualquer pessoa tocar.
Deixa eu respirar um pouco, porque você, realmente, me fez chorar. Mas foi um choro de muita saudade.
Seu texto está brilhante e serei redundante em falar do seu talento, que felizmente muitos já perceberam.
Me perdoe por emocionalmente não conseguir escrever mais nada.
E quando você e o ítalo quiserem aceitar o meu presente é só comunicar. Um grande beijo.

VINTAGE MAKEUP PARTE II

Luciana Schneider 13/08/2015
Oi Mary, antes de comentar sobre o texto, tenho que parabenizar o André ela resposta, apesar de achar que a pessoa não vai entender, pois alguém que acha a história do Colier igual ao de algum ator da record, não desmerecendo o talento do artista, e que também não sabe quem foi Grace Kelly, não tem muita capacidade de compreensão.
Seu texto está triunfantemente perfeito, adorei.
Os vestidos curtos da década de 60, como esse que você postou, eu acho lindo e super atual.
E como tudo na vida e cíclico, nada é novidade. Os produtos de maquiagem que pensamos que é novidade e vem desde o passado.
Não imagino de que forma você vai se superar nas próximas década, mas pelo que já foi visto até aqui, isso vai acontecer,

Resposta a "blogueira"

André Albertinni 13/08/2015
Minha linda, me perdoe se você gostaria de ser a 1ª a responder este último comentário, mas diante de tamanha capacidade de discernir fatos importantes e do alto nível intelectual não resistir.
Não desmerecendo os artistas brasileiros, mas como uma pessoa não consegue enxerga a importância da história de uma outra pessoa.
O Sr.Colier, não é celebridade porque foi amigo, da mundialmente conhecida princesa de Mônaco e da grande atriz de Hollywood, mas sim pela sua historia, que muitos já relataram aqui que é de tamanha importância no mundo da maquiagem, no passado e na atualidade. E em uma linguagem, mais simples, para essa senhorita entender, como diria o Grego da novela "Respeite a história de Colier".
Aconselho, que como "blogueira" ela não só se especialize em fazer vídeos para o youtube, mas que estude um pouco, não só sobre a história da maquiagem, mas a história em geral, passado e presente.
Perdoe minha fadinha, mas tinha que deixar essa mensagem.

Vintage makeup

blogueira 13/08/2015
É, o seu texto está realmente bom, mas não é tuuuudo isso que os seus seguidores falam. Eu também conheço duas atrizes que estão fazendo a novela da record, e nem por isso eu ando espalhando por ai. Só porque a pessoa conheceu, uma princesa que ninguém sabe quem foi, fica tirando onda, me poupe.

VINTAGE MAKEUP PARTE II

Paulo Roberto. 13/08/2015
Oi Mary, você chegou na década em que eu sou apaixonado pelo estilo da maquiagem. Onde as pessoas usavam cores, mesmo que em tonalidades pasteis. Adorei o depoimento que a Sra. Lauren fez, dizendo que frequenta a alta sociedade e que todas as mulheres gostam da maquiagem colorida.
Fiquei com uma ' inveja branca" das pessoas que comentaram que guardam maquiagem desta época, pois as embalagens muito mais bonita que as atuais. Hoje, marcas renomadas usam até embalagens plásticas. Tem sombras, de uma marca relativamente cara, que é de plástico, e um plástico frágil.
Estou super curioso para saber quem é o misterioso e tão renomado maquiador que está sempre aqui no blog.
Parabéns pelo texto, está belíssimo, maravilhoso, escandalosamente perfeito.

VINTAGE MAKEUP- PARTIE II

Beth Ramos 11/08/2015
Mary, seus textos são tão maravilhosos, que chegou ao ponto dos comentários se tornarem repetitivos e as pessoas não estão mais encontrando adjetivos para descrever o seu trabalho. Então sendo repetitiva, o seu texto está perfeito e completo.

VINTAGE MAKEUP PARTE II

André Albertinni 11/08/2015
Oi minha querida, mesmo para quem não entende de maquiagem como eu, seu texto é muito compreensivo. Que linda pesquisa você fez sobre essas décadas e como foi interessante a década de 60.
Fico muito feliz em perceber como o seu blog já chegou à todas as partes do mundo e que todos admiram e gostam do seu trabalho. Um imenso abraço.

Vintage Makeup

Raquel Pires 31/07/2015
Oi, pesquisando sobre a história do primeira máscara Maybelline eu encontrei o texto de maquiagem do Século XX. Fiquei assustada, como a máscara Maybelline é antiga. Também gostei muito deste texto, não conhecia nada da história da maquiagem. Já estou ansiosa para ver as próximas décadas.

Vintage Makeup

Thiago Lopés 31/07/2015
Oi Mary sou maquiador em Porto Alegre e uma amiga me mostro o seu blog. Pireeeeei nesse texto, ele é fantástico.
Todo o blog é muito legal, seus textos são muitos bem escritos.
É garota, mesmo no estilo da contra mão dos blogs de maquiagem, você lacrou.
Itens: 81 - 100 de 337
<< 3 | 4 | 5 | 6 | 7 >>

BLOG

  INTRODUÇÃO: Após a postagem “definindo o que é maquiagem natural, neutra e colorida”, surpreendeu-me a boa recepção do texto e, principalmente, os estímulos dos leitores para a realização de um desejo que manifestei: escrever sobre a tendência “nude” no mundo fashion. Elaborar uma postagem sobre esse tema pareceu-me relevante e coerente com o objetivo do Blog. Afinal, o termo nude é onipresente no atual cenário da maquiagem. E, a busca por informações sobre tal fenômeno logo...
  Debutante é o termo originário da palavra francesa DEBUT, que significa iniciar, estreiar. E é comumente utilizado para designar a adolescente que completa 15 anos.     BAILE DE DEBUTANTE   O baile de debutantes surgiu no século XVIII, nos reinos da Europa, sobretudo nos locais em que hoje conhecemos como França, Inglaterra, Alemanha e Áustria.  Na nobreza, quando as meninas tinham entre 15 e 17 anos, as famílias realizavam um grande baile para a...
MAQUIAGEM PARA EVENTOS A maquiagem, para muitas mulheres, tornou-se algo indispensável no seu cotidiano, e cada vez mais com a inovação tecnológica surgem novos produtos com excelente qualidade, e a indústria movimenta milhões nesse mercado. Uma maquiagem bem feita é capaz de transformar uma pele, valorizar traços marcantes e expressões, além de disfarçar ou até cobrir imperfeições. Existe um tipo de maquiagem para cada ocasião, para o trabalho, para balada e para os diversos tipos de eventos...
Nos comentários do blog, são recorrentes os questionamentos sobre a utilização do termo “nude” na maquiagem. Não escapam aos olhos de muitos, mesmo daqueles que não tem uma noção exata da concepção artística dessa tendência (será que há alguma ?), que existe alguma incongruência entre muitas maquiagens e o significado da palavra nude, ou mesmo, aparenta haver alguma imprecisão entre essas maquiagens e os mesmos adjetivos que sempre lhe são atribuídos, ad nauseam: (atemporal, clássica,...
Remover a maquiagem todos os dias é fundamental para deixar a pele respirar, evitando o fechamento dos poros, aparecimento de manchas, cravos, espinhas e envelhecimento precoce. Os danos ainda se estendem aos cílios, que podem ficar ressecados e quebradiços caso o rímel não seja retirado de forma adequada. Nos últimos anos, os tipos de removedores de maquiagem se multiplicaram no mercado. Com tantas opções no mercado, às vezes fica difícil escolher ou, até saber se estamos usando o...
Cílios bem curvados são um charme à parte no visual da mulher, e cada dia mais as mulheres vem buscando artifícios para ter os cílios bem alongados, curvados e cheios. Uma das alternativas que a indústria de cosmético nos oferece são os cílios postiços, mas nem toda mulher tem facilidade em aplicá-los. Outra opção, são as máscaras de cílios que prometem efeitos de cílios postiços, alongados e bem curvados, mas nem sempre o efeito é o desejado. Uma ferramenta que desde a sua invenção, nas...
Assim como os pincéis, as esponjas são acessórios para aplicação da maquiagem. Mas, assim como é fundamental saber escolher o pincel mais adequado para determinado produto e determinada área do rosto, é também fundamental saber escolher a esponja. Hoje no mercado existem esponjas de maquiagem com materiais, formatos e tamanhos diferentes, e cada uma tem função específica para aplicação dos produtos, dando assim um melhor acabamento à makeup. Você deve sempre aplicar os produtos dando leves...
Oi meus queridos amigos, estou feliz pelas férias acabarem, mesmo tendo sido maravilhosas. Já estava com muitas saudades do blog e de vocês. Este ano eu estou com vários projetos para o blog, e espero poder concretizar todos. Hoje, eu vou finalizar a série dos pré-requisitos para elaboração de uma perfeita maquiagem, SÉRIE: PRÉ-REQUISITOS PARA ELABORAÇÃO DE UMA PERFEITA MAQUIAGEM  dando continuidade ao tópico acessórios de maquiagem e explicando como higienizá-los para uso...

MENSAGEM DE FINAL DE ANO

24/12/2015 08:00
MENSAGEM  Meus queridos amigos e leitores, ter tido o privilégio de conhecé-los e de compartilhar experiências foi a melhor coisa  que me aconteceu este ano. Estou tirando um mês de férias, e retorno encerrando a série pré-requisitos para elaboração da perfeita maquiagem e, em seguida, espero continuar surpreendendo vocês. Por gentileza, a partir de 24 dezembro não deixe nenhum comentários, porque eu não poderei atualizar o blog para que os mesmos sejam aceitos. Desejo a todos um...
Dando continuidade à serie pré requisitos para uma maquiagem perfeita, hoje eu vou falar da pele. Conhecer o tipo, características e como cuidar da sua pele é essencial na maquiagem. Click no link: SÉRIE: PRÉ-REQUISITOS PARA ELABORAÇÃO DE UMA PERFEITA MAQUIAGEM Os melhores produtos de maquiagem poderão não resultar em uma perfeita maquiagem, se: - a pele não for adequadamente cuidada; - os produtos não forem adequados para o tipo de pele;  - a aplicação for incorreta.   PELE:...
1. Dando continuidade à série pré-requisitos para elaboração de uma perfeita maquiagem, hoje eu vou falar sobre a maquiagem dos olhos que é composta por: sombra, delineador, maquiagem de sobrancelhas e rimel ou máscara de cílios. Click no link: SÉRIE: PRÉ-REQUISITOS PARA ELABORAÇÃO DE UMA PERFEITA MAQUIAGEM   SOMBRAS      Os olhos são a parte mais expressiva do rosto. Eles transmitem as nossas emoções. Não por outro motivo, muitos os consideram o "espelho de...
As sobrancelhas são delicados pêlos acima dos olhos e na margem dos cumes da testa.  Uma das principais funções é proteger os olhos do suor que escorre da testa e da água da chuva. Juntamente com os cumes da testa, as sobrancelhas fazem uma espécie de “sombra” para os olhos. Mas elas também possuem função de comunicação. Pois as pessoas podem expressar sentimentos, como raiva, surpresa, espanto, através das sobrancelhas. Atualmente, a indústria da beleza nos oferece diferentes formas...
                                   Dando continuidade à série os pré-requisitos para elaboração de uma perfeita maquiagem, hoje eu vou falar da maquiagem dos lábios: batom, lápis labial ou delineador labial e lipgloss. Click no link:  SÉRIE: PRÉ-REQUISITOS PARA ELABORAÇÃO DE UMA PERFEITA MAQUIAGEM     Dando continuidade à série os pré-requisitos para elaboração de uma perfeita...
        Dando continuidade à série, pré-requisitos para elaboração de uma perfeita maquiagem, hoje eu vou falar do pó facial. Click no link - SÉRIE: PRÉ-REQUISITOS PARA ELABORAÇÃO DE UMA PERFEITA MAQUIAGEM Atualmente no mercado existem diferentes consistências para pó facial com diferentes funções. Conhecer suas funções e saber como aplicá-lo é fundamental. Pois um pó aplicado inadequadamente pode realçar as linhas de expressão, pequenos defeitos e não...
                                                                                                           Como um dos meus objetivos é me tornar uma artista da maquiagem, saber como esta arte evoluiu durante o último...
  DÉCADA DE 70                                                                                               A década de 70 foi marcada por grandes movimentos econômicos, políticos e sociais. A luta das mulheres pela igualdade de direitos e pela...
                                                                                           No início dos anos 90, a economia, a política, a tecnologia e a cultura avançam e apresentam características específicas deste momento, mas não há claramente um movimento de...
                                              DÉCADA DE 80     A década de 80 foi marcada por vários eventos importantes.     1980      - 04 de novembro - Ronald Reagan é eleito presidente dos EUA.     - 8 de dezembro - John Lennon é...
                                                                       DÉCADA DE 70   A década de 70 foi marcada por grandes movimentos econômicos, políticos e sociais. A luta das mulheres pela igualdade de direitos e pela liberdade política e econômica deu início à segunda onda do movimento feminista. E as...
                                                                          DÉCADA DE 60 ] A década de 60, assim como as décadas de 10 e 40, foi marcada por vários eventos que se tornaram históricos. Em 1961, a ex União Soviética fez o primeiro lançamento de uma nave espacial tripulada. Em 1962, o Brasil é...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Contate-nos

QUEM SOMOS

AUTORA

28/05/2016 20:05
  Meu nome é Mary Lyrio, sou nutricionista, maquiadora e consultora de viagem. Atualmente resido em Curitiba-Pr. Sejam muito bem-vindos ao Blog, Minha Make Glamour. Nessa página vocês encontrarão dicas, tutoriais, resenhas e swatchs de vários produtos de maquiagem.  Assim...

DICAS DE VIAGEM

DICAS DE FOZ DO IGUAÇU-PR

08/07/2015 22:32
Saiba porque esta cidade é a 3ª mais visitadas por turistas no Brasil: FOZ DO IGUAÇU

DICAS DE MILÃO, ITÁLIA

23/03/2015 22:35
    MILÃO, CIDADE CHEIA DE CHARME E ELEGÂCIA. cLICK NO LINK E CONHELA MAIS: ITÁLIA PARTE III - MILÃ

DICAS DE VENEZA, ITÁLIA.

27/02/2015 03:46
   Quer conhecer um pouco da cidade mais romântica do mundo? Clixk no link:ITÁLIA PARTE II - VENEZA    

DICAS DE ROMA, ITÁLIA.

19/02/2015 19:43
Conheça um pouco sobre a "CIDADE ETERNA", Click no link:ITÁLIA PARTE I - ROMA.                    
     Innsbruck, uma das mais encantadoras cidades da Áustria. Conheça mais clicando no link: ÁUSTRIA
CONHEÇA UM POUCOS DESSAS CAPITAIS, CLICK NO LINK: CONHEÇA ALGUMAS DAS NOSSAS CAPITAIS.