Mary Lyrio


marydauto@yahoo.com.br
marydtlyrio@gmail.com

DECODIFICANDO O QUEBRA-CABEÇA DO ALFABETO DOS COSMÉTICO

19/06/2015 02:34

  

    Com certeza, você já leu sobre ou viu nas lojas de cosméticos vários produtos com letras dobradas do alfabeto e, mesmo assim, ficou se perguntando para que serve cada um desses produtos.

    Calma, a culpa por tanta confusão não é sua.

    De forma cíclica, alguma tendência ou produto de beleza torna-se por algum tempo o centro das atenções dos consumidores e dos fabricantes.  Nos últimos anos, os cremes alfabetos multifuncionais vêm gradualmente ocupando essa posição de destaque no mundo da makeup.

    O acirrado mercado da maquiagem obriga as empresas a responderem rapidamente a qualquer tendência detectada junto aos consumidores, inundando o mercado com novos produtos e utilizando todos os recursos de propaganda para reforçar tais tendências, garantindo aumento das vendas.

    Diante dessa expansão tão rápida do mercado dos cremes alfabetos multifuncionais, tornou-se difícil até mesmo encontrar uma definição que aponte para o elemento comum entre os vários produtos que compõem esse gênero e, ao mesmo tempo, sirva para traçar a fronteira que os separa dos demais produtos de maquiagem e dermatológico.

    Para além da dificuldade conceitual do gênero, há também a crescente falta de padronização dos fabricantes quanto ao significado das letras que identificam cada um dos produtos e as suas funções.

    Contra esta grande quantidade de produtos de diferentes nomenclaturas, existe a acusação de que muitos fabricantes apenas diferenciam os seus produtos pelo rótulo e pela letra, pois muitos não passariam de pequenas variações de um mesmo produto, com resultados semelhantes.

    Por fim, até a característica de multifuncionalidade, que muitos consideram o dado mais marcante desses produtos, é questionada como elemento diferenciador.  É lembrado que há muito tempo os produtos tradicionais de maquiagem deixaram de ser puramente cosméticos (em sentido estritamente estético) e passaram a utilizar cada vez mais substâncias com funções dermatológicas (hidratantes, vitaminas, antioxidantes, protetor solar etc). 

                           AA  ?BB
                                ¿ CC ¿                         
                             DD ? EE
                                 ¿ GG ¿

    Após começar o texto trazendo alguma das questões mais controvertidas sobre os cremes alfabetos multifuncionais. A seguir, será feita uma rápida e prática descrição dos produtos, destacando o significado de cada letra a partir das informações dos principais fabricantes.

 
AA cream  (Anti-Aging creams ou creme Anti-Idade)

    O alfabeto dos cosméticos começou há algumas décadas atrás com os cremes anti-idade, que são cremes que prometem prevenir e diminuir os sinais de envelhecimento da pele, como as rugas, vermelhidão, flacidez, descoloração e outros.

 
 
BB cream (Blemish Balm – Bálsamo da Beleza)

    A primeira versão foi formulada em 1960 por uma dermatologista alemã, Dra. Christine Schrammek, para uso tópico em cicatrizes após procedimento cirúrgico. Os BBs passaram a ser largamente consumidos na Coréia do Sul e Japão em 1985 e chegaram ao mercado norte-americano em 2011. É um creme hidratante oil free com cor de base, que pode ser usado para substituir o primer ou pode ser usado como base, em peles com pouquíssimas imperfeições, pois ele oferece uma cobertura muito leve. Eles também possuem SPF (Fator de Proteção Solar), mas não devem substituir o uso de protetor solar em casos de maior exposição ao sol.

 
 
CC cream (Color Control Cream -Creme de Controle da Cor)

    É a versão melhorada do BB cream. Foi criado com o objetivo de diminuir a vermelhidão ou o amarelado da pele. Possui os mesmos princípios ativos do BB cream como hidratantes oil free, SPF e cor. A diferença é que o CC cream possui uma textura mais leve, o SPF é maior e possui ativos clareadores que unificam e corrigem o tom da pele. Pode ser usado como primer, se a pele necessita de uma correção de cor ou como uma base, se a pele possui pouquíssimas imperfeições, pois assim como o BB cream não são indicados para quem precisa de uma alta cobertura.

 
DD cream (Daily Defense Cream - Creme de Defesa Diária ou Dynamic Do All – faz tudo dinamicamente)

    Ele une as funções do BB e CC creams. No entanto, seu foco principal é o anti-envelhecimento, diminuindo rugas e linhas finas. Além disso, o DD cream irá equilibrar o tom da pele e proteger as áreas mais sensíveis.

    O BB e o CC creams só funcionam no momento do uso. Já o DD cream vem com a proposta de que fazendo uso contínuo, a pele apresentará melhorias em médio prazo.

 
EE cream – Estée Lauder Enlighten EE cream

    A Estée Lauder é a pioneira na criação do EE cream. Este produto tem como propósito minimizar a aparência de manchas escuras, manchas de sol, marcas de pós acne, vermelhidão e fechar os poros da pele. Proporciona alto nível SPF 30 e potentes anti-oxidantes. Pigmentos de correção de cor foram desenvolvidos para deixar a pele lisa e brilhante com um tom uniforme. Ele vem em três tons diferentes. É mais indicado para ser usado como primer, mas também pode ser usado como base, se o objetivo não for uma alta cobertura.

 
GG cream - Glam Bronze GG cream

    Não sei por que a indústria de cosméticos pulou a letra F do alfabeto. A Loreal criou o GG cream, que tem como objetivo principal tonalizar a pele com efeito bronzeado, dando luminosidade e hidratação, oferecendo também proteção solar SPF 25.