Mary Lyrio


marydauto@yahoo.com.br
marydtlyrio@gmail.com

HISTÓRIA DA MAQUIAGEM DÉCADA DE 30

30/08/2015 16:00

                                                               

                                             

 

Essa década sofreu uma grande crise econômica devido a Grande Depressão que ocorreu em 1929 com a queda da bolsa de Nova York.

Como resultado da emancipação gradual das mulheres, que começou em 1920, elas tornaram-se mais conscientes da sua independência de ação e mais ousadas ​​na forma de expressar sua feminilidade, saindo de cena por completo a garota Flapper do final da década de 10 e metade da década de 20 e entrando em cena a mulher mais madura. Os filmes de Hollywood tornaram-se muito importantes, pois devido a crise, para muitas pessoas, o único entretenimento disponível eram os filmes. As mulheres copiavam os modelos de vestidos, penteados e maquiagem das populares atrizes cinematográficas.

As grandes atrizes que ditaram a moda da época foram Greta Garbo, Marlene Dietrich, Caroline Lombard, Ginger Rogers, Jean Harlow, Mae West, Joan Crawford e Bette Davis.. 

            

         Jean Harlow                                                Ginger Rogers                        

 

Caroline Lombard                                              Marlene Dietrich


Bette Davis                                                    Joan Crawford

       Greta Garbo

Grandes nomes dos cosméticos como Max Factor e Elisabeth Arden tornaram-se populares no mundo das mulheres.

Curiosamente, as vendas de cosméticos durante a Grande Depressão aumentou significativamente, e esta é uma tendência que ainda pode ser vista durante tempos econômicos difíceis. Às vezes apelidado de "O Índice Batom," é um fenômeno controverso que tem sido estudado por economistas há anos.

A década de 30 foi a Era Blonde Curls ou loiras de cachos de Hollywood e todas as mulheres queriam copiar. Contudo, nesta época, as tinturas de cabelo ainda não eram muito boas e muitas mulheres estragaram bastante o cabelo. 

 

CARACTERISTICAS DA MAQUIAGEM

O traço da maquiagem é visivelmente mais refinado e elegante do que as linhas exageradas da década anterior.

Base - passou a ser do mesmo tom da pele ou um tom abaixo com subtom rosado  e com um pouco de brilho.

Pó – o pó de arroz mudou de branco para rosado, surgindo também os pós compactos.

Bochechas – a intensidade de rouge deu uma leve diminuída e era aplicado nas maçãs e um pouco abaixo puxando em direção às orelhas.

Batom – enquanto nos anos 20 evitou-se os cantos externos dos lábios na aplicação do batom, nos anos 30 não só preencheu os cantos, mas também os arredondou, deixando a boca mais carnuda. Este tipo de boca ficou conhecida como Crawford Smear, devido a atriz Joan Crawford. O batom escuro vermelho arroxeado não era mais usado, as cores mais populares era o rosa, o framboesa, o vermelho e o laranja.

Sobrancelhas - uma espécie de símbolo de maquiagem da década. Elas tinham que ser fina e formando um arco longo. Muitas mulheres arrancavam a sobrancelhas e as redesenhavam com o lápis.

Sombra – as mulheres começaram a utilizar dois tons de sombra da mesma cor e as cores mais usadas eram o azul, o violeta, o verde e o marrom.

Cílios – a mascara de cílios continua sendo muito usada, só que agora também sendo aplicada nos cílios inferiores. Há relatos que nesta época a mascara de cílios era com ma cor marrom e nas pontas a cor preta. Cílios postiços longos e finos tornaram-se populares.

No ano de 1938 morre um dos grandes nomes dos cosméticos e criador do termo makeup, o Sr. Maksymilian Faktorowicz  - Max Factor. 

 

TEXTOS RELACIONADOS:

VINTAGE MAKEUP - HISTÓRIA DA MAQUIAGEM DO EGITO À DÉCADA DE 30 - PARTE I