Mary Lyrio


marydauto@yahoo.com.br
marydtlyrio@gmail.com

VINTAGE HISTÓRIA DA MAQUIAGEM: DÉCADA DE 50

30/08/2015 17:00

                                                                       

DÉCADA DE 50
 

A década de 50 foi uma época de crescimento e prosperidade. O fim do racionamento abriu o caminho para novos produtos. E os consumidores tinham mais dinheiro para gastar.

O rock-in-roll ocupou o centro dos palcos, e grandes nomes como Fats Domino, Little Richard e Elvis Presley rapidamente chegaram à fama.

Transmissões de televisão tinham retornado no Reino Unido após a suspensão total durante a Segunda Guerra Mundial. No início dos anos 50 a maior parte do país já possuía sinal de TV, graças ao esforço do pós-guerra e a transmissão da coroação da rainha Elizabeth em 1953,

Nos EUA, milhões de família já possuíam um aparelho de TV. No Brasil, estavam surgindo os primeiros aparelhos nas famílias mais ricas.

Nesta época a televisão ainda era em preto e branco, mas no cinema já tinha filmes em cores.

Rapidamente, assistir TV tornou-se um passatempo popular para todas as famílias e as variedades de shows trouxeram novas idéias e influência para as massas.

Estrelas de cinema como, Grace Kelly, Marilyn Monroe, Doris Day, Brigitte Bardot, Sophia Loren, Elizabeth Taylor, Audrey Hepburn, Gina Lollombrigida e Natalie Wood. que fez o famoso filme Juventude transviada em 1955, causavam grande influência nas mulheres.

Audrey Hepburn                                                Marilyn Monroe   

  Doris Day                                                                Natalie Wood

Gina Lollombrigida                                                       Elizabeth Taylor  

   Grace Kelly                                                     Brigitte Bardot   

SOPHIA LOREN

A moda dos penteados entre homens e mulheres foi influenciada pelos artistas de Hollywood e artistas da musica da época. Elvis Presley e James Dean foram os grandes responsáveis pelo estilo topete alto masculino. Outra variação deste estilo foi o “cut duck butt” ou corte bumbum de pato, que tinha sido desenvolvido no final da década de 40 pelo Hairstylists Joe Cerello.

Elvis, topete alto                                                      James Dean

      CORTE BUMBUM DE PATO

Na década de 50, existiram vários modelos de penteados para as mulheres. O tamanho variou do curto ao médio. Um dos grandes Hairstylists da época foi o Francês Alexandre, conhecido em Hollywood como Alexandre de Paris. Ele criou o penteado alcachofra usado por Grace Kelly e Elizabeth Taiyor., que era o cabelo na altura do queixo e com cachos fofos. Outro estilo, muito usado foi o “corte de elfo" ou corte italiano, que era o cabelo bem curto e cacheado, muito usado pela atriz italiana Gina Lollombrígida. Em meados da década, o estilo muito usado foi o “corte pixie” que era um corte estilo moleca muito usado pela atriz Audrey Hepburn. Para as senhoras com um pouco mais de idade o estilo mais usado foi o corte franja curta, popularizado pela 1ª Dama dos EUA, Mamie Eisenhower. E já no final da década, Alexandre de Paris criou o corte colméia, que teve seu auge na década seguinte e foi muito usado por Brigitti Bardot. (lembranças de Amy Winehouse)

Para as adolescentes a moda era o rabo de cavalo alto, amarrado com lenços ou fita de cetim.

Penteado rabo de cavalo Brigitte Bardot 

Penteado alcachofra, Elizabeth Taylor

Corte elfo, Gina lollobrigida

Corte pixie. Audrey Hepburn

Corte franja curta, Mamie Eisenhower

O vestuários das mulheres na década de 50 variou muito, do "New Look", cunhado por Christian Dior, no final da década de 40 aos vestidos rodados com bainha na altura da panturrilha e cintos marcando a cintura. O tecido era liso, estampado de poá ou florais. Decotes com ornamentos também entrou em voga.

Os adolescente começam a ganhar mesadas. E as empresas de cosméticos começaram a perceber este novo público e novos produtos foram fabricados, como cremes para tratamentos de acnes e limpeza de pele. E a maquiagem também se tornou mais acessível.

Os editores de revistas também perceberam esse publico e lançaram publicações especializadas neste segmento.

Essa foi a época em que as mulheres foram mais cobradas para se manterem lindas e impecáveis, tanto em casa fazendo seus afazeres, como fora de casa.

A década de 50 foi a era de ouro dos produtos de maquiagem. Novos produtos surgiram com uma paleta de cores bem mais diversificada que as décadas anteriores.

Max Factor Jr, ainda era líder de mercado, mas novas marcas surgiram como Westmore, Revlon, Yardley e Coty.

O mercado de cosméticos de luxo liderado pelas adversárias ferozes Helena Rubinstein e Elizabeth Arden cresceu muito.   

Em 1950 as bases passaram a ter consistência mais leve e menos densa. Começaram a surgir as bases liquidas. 

 

LANÇAMENTOS

1950 - Helena Rubinstein lança Silken Lipistick – batom com pó de seda 

- Max Factor lança a linha de limpeza facial para mulheres.

 - Revlon - lança Touch-and-Glow liquid makeup - base liquida de brilho dourado em 7 tonalidades

 - Família Westmore Hollywood lança linha de maquiagem, composta por 3 produtos,

1951 - Ester Lauder lança uma coleção limitada de batom e creme rouge denominada MadMen = Homens Loucos.

  

-  Max Factor lança: Signature toiletry for men, a linha de produtos de higiene masculina,

-  Revlon lança Indelible-Creme Lipstick,  batom cremoso permanente, na cor vermelha.

1952 - Max Factor lança Color Fast lipstick- batom rápida cor, em várias tonalidades. 

- Família Westmore lança makeup liquid (base liquida) e batom.

1953 - Max Factor lança: o Creme Puff - primeira base e pó em um só produto em 7 tonalidades e Invisible Foundation –base invisível líquida. 

- Helena Rubinstein lança o STAY-LONG - com o slogan de batom de maior duração do mundo. 

1954 - Max Factor  lança o Erace -primeiro corretivo comercial em 4 cores (Medium, Deep Natural, Tan and Deep Tan) .

- Família Westmore Hollywood lança Close-up perfection - complexion beauty, pele perfeita, composto por liquid makeup (base liquida), creme powder makeup ( base e pó) e batom.

- Coty lança - Coty Air Spun powder – fino pó solto que promete esconder pequenas linhas e manchas. 

1955 – Max Factor lança HI FU makeup, maquiagem liquida para a noite em tons fidedignos ao tom da pele. Era tipo uma base liquida. E HI Fi lipstick em duas tonalidades, o vermelho moda  e o rosa moda.  

- Elizabeth Arden lança o Lipstick in Pure Red shade – batom vermelho puro. 

        

- Yardley lança refil batom,  pó compacto e pó finalizador.

- Eylury lança estojo com um par de cílios postiços e uma cola.

 1956 - Helena Rubinstein lança waterproof lipstick - batom à prova d'água.

1957 -  Coty lança o batom 24hs.

- Max Factor e Helena Rubinstein lançam a máscara de cílios em tubo e com escova nas cores marrom e preto. 

- Elizabeth Ardem lança as coleções batom, rouge e esmalte Pink Violet e Arden Pink.

1959 – Max Factor lança a coleção Batom Hi society.

 

CARACTERÍSTICAS DA MAQUIAGEM

BATOM - estava em alta e foram lançados vários modelos em cores intensas. O batom era aplicado seguindo o contorno dos lábios.  As cores mais usadas era o vermelho e o rosa. 

LÁPIS LABIAL - era usado para definir o contorno dos lábios e, quando os mesmos não possuíam o contorno simétrico, esta correção era feita com o lápis.

BASE – a mulher dos anos 50 tinha a opção de usar base e / ou pó facial.

Tons mais claros e naturais estavam disponíveis. A consistência era líquida, creme ou compacta.    

CORRETIVOS – Pela primeira vez as mulheres estavam usando corretivo, que antes era uma maquiagem cinematográfica, para corrigir manchas e imperfeições. Era em forma de bastão com a consistência um pouco densa. Normalmente era aplicado antes da base e/ou do pó. 

BLUSH – A forma de aplicar normalmente era das maçãs puxando em direção as têmporas. A cor mais popular era o rosa claro.    

CONTORNO -  As mulheres, com formatos de rosto mais arredondados começaram a fazer o contorno facial com o rouge, aplicando-o na linha abaixo do osso malar e nas têmporas. 

SOMBRAS - As mulheres começaram a combinar a sombra com a cor do vestido e a paleta de sombras ganhou vários tons pastel A sombra era aplicada em toda pálpebra móvel.    

À noite as sombras eram mais cintilantes.    

MÁSCARA DE CÍLIOS – Surgiram máscaras com novas tecnologias e a forma de aplicar estava mais fácil. 

Os cílios eram bem definidos.

SOBRANCELHAS – no início da década, as sobrancelhas eram escuras e fortes, com lápis sendo usado para preencher e definir a forma. A espessura variava de media a grossa, mas ainda em forma de arco.

 

TEXTOS RELACIONADOS: