Mary Lyrio


marydauto@yahoo.com.br
marydtlyrio@gmail.com

TIPOS DE PELE E OS CUIDADOS ESPECÍFICOS

22/12/2015 01:34

Dando continuidade à serie pré requisitos para uma maquiagem perfeita, hoje eu vou falar da pele. Conhecer o tipo, características e como cuidar da sua pele é essencial na maquiagem. Click no link: SÉRIE: PRÉ-REQUISITOS PARA ELABORAÇÃO DE UMA PERFEITA MAQUIAGEM

Os melhores produtos de maquiagem poderão não resultar em uma perfeita maquiagem, se:

- a pele não for adequadamente cuidada;

- os produtos não forem adequados para o tipo de pele; 

- a aplicação for incorreta.

 

PELE: DEFINIÇÃO, COMPOSIÇÃO E FUNÇÃO

A pele é o maior órgão do corpo humano e exerce funções essenciais para a nossa sobrevivência, tais como: controle do fluxo sanguíneo, regulação térmica, proteção contra ameaças externas e funções sensoriais (calor, frio, pressão, dor e tato).

A pele humana é composta por três camadas que realizam funções distintas. Essas camadas são: a epiderme, a derme e hipoderme.

1 - EPIDERME

É a primeira camada da pele. Tem como função proteger o corpo contra danos externos e evitar a saída de água. A epiderme é constituída por uma pluralidade de camadas de células. Entre elas: queratinócitos e melanócitos.

- Queratinócitos - produzem a queratina, que é uma resistente proteína, a qual tem como função impermeabilizar e proteger o organismo das agressões do meio externo.

- Malanócitos – produzem a melanina, pigmento que dá cor à pele.

Para compreender melhor a cor e o subtom da pele click aqui: TOM E SUBTOM DA PELE

 

1.1 - ANEXOS CELULARES

São originados na camada da epiderme. São eles: unhas, pêlos, glândulas sudoríparas e glândulas sebáceas.

As unhas

São formadas por queratinas e têm como função proteger as extremidades dos dedos (mão e pé).

- Os pêlos

Estão em quase todo o corpo, exceto na palma da mão e na planta do pé. A principal função do pêlo é proteger a pele. Como por exemplo, os cabelos protegem o couro cabeludo da radiação solar.

- As glândulas sudoríparas

Produzem o suor, que ajuda na regulação da temperatura corporal e na eliminação de toxinas.

- As glândulas sebáceas

Produzem o sebo, que é responsável pela lubrificação e impermeabilização da pele.

2 - DERME

É a segunda camada da pele, e é constituída por tecido conjuntivo, que compreende uma rede de fibras de colágeno e elastina, que conferem firmeza e elasticidade à pele. Também contém terminações nervosas e vasos sanguíneos. As principais funções são: resistência à tração, nutrição da derme e epiderme e regulação da temperatura.

3 - HIPODERME

É a camada mais profunda, e é formada por tecido conjuntivo e por gordura. A principal função é armazenar gorduras (reserva energética). A disposição da gordura é diferente entre os sexos: nos homens elas se acumulam mais em torno do abdômen; já nas mulheres elas se acumulam mais em torno do quadril e seios.

Ela também garante a fixação dos órgãos e protege e absorve parte da força de um impacto físico.

 

CUIDADOS ESPECÍFICOS E TIPOS DE PELE

Toda mulher quer ficar jovem e bonita a vida toda, mas o tempo, inexoravelmente, reflete-se sobre a pele, mostrando que isso não é possível. Assim, nós não podemos impedir esse processo natural, mas podemos tentar retardá-lo.

Para saber como cuidar da pele, é fundamental conhecer qual o tipo de pele, pois cada pele necessita de um cuidado específico, com produtos apropriados.

Normalmente, a pele é classificada em 4 tipos - normal, seca, oleosa e mista.

A maneira mais fácil de determinar o tipo de pele é: imediatamente após o despertar matinal, pegue um guardanapo de papel absorvente e cubra todo o rosto, dando uma leve pressionada.

Se o guardanapo deixar traços de gordura – a pele é oleosa. Se as manchas de gorduras aparecerem apenas em alguns lugares (testa, nariz e queixo) – a pele é mista.

Se o guardanapo ficou seco – a pele é normal ou seca.

Para distinguir a pele normal da seca, você deve lavar com água fria e loção de limpeza, não use sabonete em barra. Após secar com uma toalha fofa aguarde 20 minutos. Se a pele apresentar um aspecto áspero, sem viçosidade, ela é seca.

 

1 – TIPOS DE PELE

1.1 - PELE NORMAL

'Normal' é um termo largamente usado para se referir a uma pele balanceada, com equilíbrio hidro-lipídico. Apresentam textura aveludada, saudável, com boa elasticidade, poros finos, não é muito propensa a acnes e machas. 

1.2 - PELE SECA

A perda de água em excesso é uma das características da pele seca, que normalmente tem poros poucos visíveis e pouca luminosidade.

Tem uma cor opaca (sem brilho e sem viço), caracteriza-se por baixo teor de gordura. Além disso, pode ser áspera e, com freqüência, apresentar manchas vermelhas. As rugas aparecem mais cedo, sobretudo, na área dos olhos.

1.3 - PELE OLEOSA

É uma pele densa e espessa com um aspecto lustroso ou engordurado, devido ao excesso de sebo produzido pelas glândulas sebáceas. Os poros são bem dilatados e, algumas vezes, obstruídos por pontos pretos. É propensa a acnes e tem uma menor tendência ao aparecimento de rugas e linhas de expressão.

1.4 - PELE MISTA

Normalmente apresentam poros dilatados no nariz, testa e queixo, tendo uma oleosidade mais intensa nessas áreas (zona T) e leve tendência a formar cravos. Nas maçãs do rosto e ao redor dos olhos, a pele se apresenta um pouco mais seca. É um tipo de pele que facilmente descama com o frio e que pode apresentar alguns cravos nas regiões mais oleosas do rosto.

A pele mista é a mais comum de se encontrar

OBSERVAÇÃO:

- PELE SENSÍVEL

Não é um tipo específico de pele, e sim uma condição que pode ocorrer temporariamente ou definitivamente, em qualquer tipo de pele, sendo mais freqüente na pele seca.

Na maioria das vezes, é seca e fina, tem pouca gordura e é muito sensível a quaisquer fatores adversos - calor, frio, ventos fortes, a radiação ultravioleta, poeira e outros irritantes. Podem apresentar descamação e vermelhidão.

2 - CUIDADOS COM A PELE

É recomendável, pelo menos 3 vezes ao ano, seja feito uma consulta com dermatologista, para avaliar a saúde da pele. Evite fazer tratamentos caseiros, pois podem ocasionar problemas.

2.1 - CUIDADOS DIÁRIOS PARA TODOS OS TIPOS DE PELE

- PRIMEIRO PASSO: LIMPEZA

Para limpar a pele você deve lavá-la em água com temperatura ambiente, usando  gel de limpeza, loção de limpeza à base de leite ou sabonete.

A limpeza deve ser feita pela manhã e pela noite.

Na manhã, após a limpeza, mergulhe o rosto em uma vasilha com água e cubos de gelo, esse choque térmico, fecha os poros diminuindo a oleosidade, deixando a pele mais viçosa. Também deixa a pele mais firme evitando posteriormente a flacidez. Esse procedimento não é recomendado para pessoas com rosácea.

Não se esqueça de limpar o pescoço, pois essa área requer mais cuidado do que a área do rosto, pois os sinais do tempo se apresentam primeiro nessa área.

- SEGUNDO PASSO: TONIFICAÇÃO

A tonificação completa a limpeza, removendo as células mortas.

Além disso, ela devolve à pele o pH natural, refrescando e suavizando a mesma, preparando-a para a hidratação.

A tonificação deve ser feita preferencialmente na parte da noite.

- TERCEIRO PASSO: HIDRATAÇÃO

Hidratante diário é necessário, pois uma boa hidratação auxilia na manutenção do viço e da beleza da pele, além de manter a integridade da camada de proteção cutânea e evitar problemas como descamação, ressecamento, envelhecimento precoce, irritações e infecções.

Se você for usar maquiagem após a limpeza, substitua o hidrante pelo primer de maquiagem.

Algumas pessoas acham que a pele oleosa não deve ser hidratada, mas isso é um grande erro. Pois, pele oleosa não é sinônimo de pele hidratada. Esse tipo de pele também requer hidratação, só que o hidratante deve ser à base de água e livre de óleo.

Contudo, a hidratação não pode ser  um processo apenas externo, deve-se também hidratar o corpo por dentro com a ingestão diária de, no mínimo, dois litros de água.

Também existem outras medidas que auxiliam na hidratação: evitar exposição excessiva ao sol; ter alimentação saudável e equilibrada; evitar banhos muito quentes e prolongados e; evitar realizar esfoliações excessivas na pele.

2.2 – CUIDADOS ESPECÍFICOS

- PELE NORMAL

A pele normal requer menos cuidados em relação aos outros tipos de pele, mas não quer dizer que os cuidados devam ser negligenciados.

Nesse tipo de pele você pode usar sabonete, gel ou loção de limpeza. No entanto, recomenda-se usar o sabonete não mais que 3 vezes por semana, uma vez que, alguns tipos de sabonetes, podem reduzir a acidez da pele.

A cada 15 dias, aplique uma máscara nutritiva e uma vez por mês faça uma esfoliação.

- PELE SECA

Não use sabonete para lavar, dê preferência ao gel de limpeza e loção de limpeza à base de leite. Este último, preferencialmente à noite.

Esse tipo de pele requer muitos cuidados porque tem tendência a envelhecer mais cedo. Então à partir dos 18 anos, além da rotina diária de cuidados, use cremes nutritivos para pele e um específico para área dos olhos uma vez por semana, e à partir dos 25 anos faça isso diariamente.

Faça a cada 15 dias a esfoliação da pele com esfoliantes suaves.

- PELE OLEOSA OU MISTA.

Use gel de limpeza ou sabonetes específicos para esse tipo de pele. Não use produtos que possuam álcool em sua formulação. Pois, no primeiro momento, o alcòol promove um ressecamento da pele, diminuindo a oleosidade. Mas, em seguida, ele estimula as glândulas sebáceas, causando um aumento da oleosidade.

Duas vezes por semana, faça uma esfoliação e aplique uma máscara de controle de oleosidade.

 

ALGUNS PROBLEMAS FREQUENTES NA PELE DO ROSTO

- ACNE

É uma problema de predisposição genética, cujas manifestações dependem da presença dos hormônios sexuais. Por esse motivo, as lesões surgem na adolescência. Porém ela não é um problema apenas dos adolescentes, ela pode persistir ou surgir na fase adulta.

As manifestações da doença (cravos e espinhas) ocorrem devido ao aumento da secreção sebácea associada ao estreitamento e obstrução da abertura do folículo pilossebáceo, dando origem aos comedões abertos, que são cravos pretos ou brancos. Estas condições favorecem também a infecção por microorganismos que provocam inflamações pústulas - as espinhas.

- ROSÁCEA 

É um problema de pele, sem causa conhecida, caracterizado por manchas vermelhas, sobretudo nas bochechas, nariz e queixo.

- VERRUGA

É um tumor benigno causado pelo papiloma vírus (HPV), que atinge a epiderme, provocando o crescimento excessivo da mesma, formado a verruga.

-  DERMATITE OU ALERGIA DE CONTATO

É causada por uma irritação, que pode levar a uma inflamação, em decorrência do contato com uma substância à qual a pessoa é alérgica. Daí a importância de fazer o teste no braço com todos os produtos antes de aplicá-los no rosto.

 

RECOMENDADAÇÕES FINAIS

Mesmo existindo a classificação dos tipos de pele, cada pessoa é única, e cada pele também pode apresentar características únicas. Por isso, além de conhecimento teórico, é muito importante que os profissionais de maquiagem (ou mesmo aqueles que fazem auto-maquiagem) tenham cautela, realizem testes práticos e valorizem as informações fornecidas por quem será maquiado.

É fundamental conversar com a pessoa que vai ser maquiada e indagar sobre a  sua experiência pessoal na utilização de produtos de maquiagem. Além disso, é importante prestar atenção a problemas de pele, alergias ou hipersensibilidade de determinadas áreas (principalmente olhos).

Os testes práticos relativos à interação pele / maquiagem ganham importância ainda maior em  pessoas (ao contrário de atrizes e modelos) que não possuem vasta experiência no uso da maquiagem, e em eventos sociais especiais (aonde não há diretor para cortar e repetir a cena se algum problema ocorrer). 

Mesmo um produto testado em uma área pode reagir de forma diferente em outra. E mesmo que a pessoa já tenha utilizado produto igual, reações negativas podem ocorrer em consequência da contaminação do produto ou por alterações orgânicas.

Para algumas situações, não é exagero traçar um plano de contigência que preveja não apenas a necessidade de retocar a maquiagem, como também uma urgência em substituí-la ou removê-la.   

Costuma-se associar as diferentes consistência dos produtos aos diferentes tipos de pele. Como alguns exemplos, que eu citei nos testos de corretivo e base. Porém, existem muitas divergência em relação a estas associações, as quais muita vezes, geram grandes polêmicas. Por essa razão, eu não quis fazer indicações de produtoa para os tipos de pele.